Os Desviantes a nova HQ nacional da Guará Entretenimento

Imagine um futuro distópico em que as grandes nações do mundo são bombardeadas por mísseis nucleares, gerando o caos por todo o planeta, escrevendo uma nova história para a humanidade.

Como esse evento afetaria o Brasil? Ampliando o fosso entre a classe mais abastada que vive na Fortaleza e os pobres que convivem na Resistência, zonas periféricas que estão à margem do poder que emana da Fortaleza.

A relação conflituosa entre as classes se acentua à medida que a Fortaleza enxerga na Resistência um repositório para experimentos científicos com fins militares que tornam a vida descartável para os desamparados.

É a partir desse cenário que iremos acompanhar as aventuras de Tom, Fióti e Anita, experimentos científicos que se “desviaram” dos resultados esperados pela Fortaleza. Cada um deles, transformados, são agora “Os Desviantes”.

Para os protagonistas, O verdadeiro embate que se inicia é o de voltarem a se tornar sujeitos de sua própria história, uma vez que para a Fortaleza eles são apenas objetos para estudo científico e aperfeiçoamento militar.

A HQ nacional Os Desviantes é um dos lançamentos do Universo Guará, a proposta mais ousada, diga-se de passagem, uma vez que aborda o gênero fantasia, sendo em um primeiro momento, destoante dos demais trabalhos como O Doutrinador, Pérola e Santo (as outras publicações em quadrinhos).

Embora esteja no gênero fantasia, estão lá os temas que são caros para o Universo Guará: o sentimento forte de injustiça social, a vontade de agir em prol dos desamparados, a busca por justiça e, o principal, histórias com DNA nacional.

Mas com um grande desafio, pois é preciso que o leitor se encante com esse contexto da narrativa. Não é difícil, pois tanto os roteiristas Gabriel Wainer e Rafa Kraus quanto o ilustrador Juliano Henrique dão conta do recado.

As primeiras quinze páginas são absolutamente fantásticas. Texto e imagens fluem de modo selvagem nos apresentando um cenário assustador e crível de um futuro possível da humanidade. Em destaque, a página sobre o destino dos Estado Unidos, carregada de simbolismos.

A narrativa avança em meio ao caos e vamos, aos poucos, reconhecendo vários locais do Rio de Janeiro, expostos de maneira cuidadosa que não afetam o enredo, mas, antes, engrandece a leitura porque poderia se passar em Nova Iorque, por exemplo, local costumeiro para grandes aventuras como essa. 

Porém o território brasileiro está tão bem demarcado que funciona muito bem como um dos pilares para a construção do enredo.

O trabalho de Juliano Henrique em muitos momentos lembra a arte de Kevin O’Neill o que contribui bastante com o tom da narrativa bem cuidada como o coloquialismo de certas personagens na construção desse pequeno universo de fantasia.

Importante destacar que tanto a ambientação quanto a narrativa encontra eco nos trabalhos do diretor sul-africano Neill Blomkamp, responsável por sucessos como os filmes Elysium, Distrito 9, entre outros.

O projeto gráfico é muito bom e o tratamento de cores realizado por Alzir Alves explorando os tons de terra, azul, verde e laranja, aumentando a carga dramática da narrativa, mostra o alto grau de profissionalismo que não deve em nada a nenhuma outra publicação estrangeira.

A série nasce com o pé na plataforma multimídia, pois a parceria com a Downtown Filmes mostra que este pode ser o caminho mais robusto para o mercado de quadrinhos nacionais. Aliás, Os Desviantes deve ser um dos próximos filmes a ser produzido, fruto da parceria. 

E por falar em parceiros, uma ótima notícia:  a produtora Glaz, responsável por sucessos como a série de TV “Cine Holliudy”, entrou para somar forças na vindoura produção audiovisual. Saiba mais aqui.

Desde de 2005 a Downtown é a única distribuidora que investe somente em filmes nacionais, diga-se de passagem o filme O Doutrinador, grande sucesso nacional nos cinemas e agora minissérie na TV, no canal Space.

O universo Guará é uma construção da Guará Entretenimento, empresa multimídia que deu origem ao Doutrinador, fruto do sonho de Luciano Cunha.  

Os Desviantes, uma HQ de 96 páginas, custando R$12,90 no mercado, um ótimo preço por sinal, nos encanta e promete uma série com boas histórias para serem contadas ao público brasileiro.

Se você gostou da matéria, assine a nossa newsletter e conheça nossos livros em quadrinhos.

Deixe um comentário