Os 8 passos para construir a jornada da heroína

 

A jornada da heroína é uma proposta estabelecida por Maureen Murdock a partir dos estudos que realizou sobre a teoria da jornada do herói, do antropólogo Joseph Campbell.

 

Segundo a autora, a jornada do herói não é capaz de representar o caminho psicológico e espiritual da mulher contemporânea. Esse é o ponto mais importante.

 

Embora contestado por Campbell, que dizia ser a mulher o ponto alto na jornada do herói, a recompensa (no sentido em que completa e ressignifica o homem em sua jornada), mesmo assim, sendo um caminho mais introspectivo, a jornada do herói não contempla os vários momentos na constituição da jornada que a mulher realiza, na opinião de Murdock.

 

Não se trata de uma oposição entre as propostas de modelo teórico para a construção mítica de uma jornada, mas um outro modelo que seja capaz de abordar esse caminhar psicológico da mulher.

 

Tanto que não há impedimentos na construção da jornada onde os dois modelos possam ser utilizados; haja vista Murdock também trabalhar com mitos e folclore de vários povos.

 

Para a autora, homens e mulheres reagem de modo diferente aos conflitos devido às diferenças culturais e sociais na sociedade.

 

A mulher sofre a pressão por estar em uma sociedade liderada por homens onde ela constantemente precisa provar o seu valor, pois os parâmetros são masculinos.

 

A provação exige dela o afastamento de valores femininos, buscando aprovação e adoção de valores masculinos, em um ambiente patriarcal; havendo, em seguida o conflito e a morte simbólica para, posteriormente renascer, restabelecendo sua conexão com o feminino, equiparando valores femininos e masculinos.

 

Essa em síntese, é a jornada da heroína.

 

Veja a seguir os 8 passos da jornada da heroína.

 

 

Temos um bom exemplo dessa jornada arquetípica no livro em quadrinhos Estella Vic: 1922 e o Manifesto Futurista.

 

Assine nossa Newsletter e conheça nossos livros em quadrinhos.

1 comentário

  1. […] Se quiser saber mais detalhes da jornada da heroína, você pode ler em um outro artigo aqui em nosso blog. […]

Deixe um comentário