Os 3 principais erros na seleção de um patrocínio

pexels-photo-30342

 

Erros que uma empresa patrocinadora precisa evitar

 

Quanto ao patrocínio… Sua empresa seleciona livros, eventos, peças de teatro, apoia projetos socioculturais…

Utiliza leis de incentivo à cultura, como a Lei Rouanet?

Quais são os critérios para escolha de patrocínio?

Antes de discutirmos quais os critérios para a seleção de patrocínio (tema para um futuro artigo), vamos apresentar os três principais erros na seleção de um patrocínio.

Uma escolha para o patrocínio de um projeto deve tomar como base dados racionais, fruto de pesquisa entre os departamentos de uma empresa, clientes…

Mas quando isso não acontece:

1- seleção de um patrocínio com base em interesses pessoais: decisões pessoais sem base em dados quase sempre é um problema.

O tomador de decisão na empresa, quem de fato decide qual projeto será patrocinado, julga a partir de seu gosto pessoal ou conhece o proponente do projeto e ambos acreditam ser o melhor para a empresa.

2- o encantamento com os artistas: muitas vezes somos tomados de emoção quando estamos próximos dos artistas pelos quais somos fãs.

Interagir com as celebridades, tirar fotos, um mundo de glamour que por vezes nos encanta.

O tomador de decisão pode muitas vezes estar encantado e este pode ser apenas o único critério para seleção: estar próximo do seu ídolo.

Mas será que aquele projeto está alinhado com as necessidades da empresa?

3- relações de longa data com o projeto: o tomador de decisão na empresa possui uma relação construída há anos com a atividade patrocinada, mas muitas vezes em time que se está ganhando é preciso também mudar para que possa continuar ganhando.

Neste item, é preciso verificar se o patrocínio para o projeto ainda é relevante para a empresa, se continua atendendo às finalidades da empresa.

Os três erros tomam a emoção como base de julgamento para seleção de projetos.

Isto não passa quando são elencados critérios racionais, estudos e pesquisas na seleção de projetos.

Empresas que adotarem tais critérios terão mais sucesso em suas escolhas para patrocínio de um projeto.

Na Primal Studio, temos projetos aprovados na Lei Rouanet, com ações e público alvo bem definidos, o que facilita bastante na seleção de patrocínios. 

Fonte: Manual do patrocínio. Pippa Colet, William Fenton. DVS Editora, 2014.

Deixe um comentário