Machado de Assis: caçador de monstros, um mangá brasileiro

 

Apresentação1

 

Queremos realizar um trabalho diferente nos quadrinhos brasileiros: criar uma ficção que fale sobre a juventude de Machado de Assis, misturando seus principais personagens literários convivendo com ele numa história de ação, suspense e aventura. O mangá nós acreditamos ser o melhor formato para traduzir o que buscamos, valorizando a ação e o fluxo narrativo. As pessoas conhecem Machado de Assis já como idoso, das poucas imagens, fotos e pintura que temos dele. E a sua juventude é um tremendo mistério para muita gente. O que é uma lástima! Ele realmente é o maior escritor brasileiro de todos os tempos e um dos maiores da língua portuguesa. E percebemos que desde há muito a sua literatura está ficando cada vez mais restrita aos bancos da escola, de algumas escolas, onde os alunos leem um resumo ou uma ficha literária sobre seus trabalhos. Claro, já foram publicadas boas adaptações literárias em quadrinhos. Algumas ganharam prêmios, inclusive. Isso é ótimo! Mas, podemos ir além e criar um personagem forte, um mundo narrativo extraordinário que desperte a curiosidade das pessoas para os seus romances e contos… E se isso acontecer, irá valer muito a pena todo o esforço.

Para isso, procuramos um outro caminho, o uso da Lei Rouanet, uma lei do Ministério da Cultura que possibilita empresas investirem em projetos culturais. O projeto está aprovado, em fase de captação de recursos (PRONAC 154741). Temos um prazo de execução para até dois anos, mas queremos produzir o mais logo possível. Contamos com uma boa equipe de profissionais para isso. Mas não descartamos o financiamento coletivo, o crowdfunding, pois como dissemos, é um trabalho novo com novos desafios: um deles, por exemplo, é a tradução em inglês para o mercado exterior de quadrinhos digitais. Queremos um produto cultural de excelência para exportação. E queremos o seu apoio.

Curta nossa página em facebook.com/primalstudiobrasil e, se quiser, deixe o seu e-mail inbox para receber mais informações.

Deixe um comentário