Como criar uma narrativa de HQ

photo-1432821596592-e2c18b78144f

Criar uma narrativa de HQ não é algo fácil.

Não existe um fórmula certa, mas pontos que um roteirista não pode esquecer, algo quase próximo a uma estrutura, sim, mas não presa a ela, estritamente.

Com o crowdfunding, ficou mais fácil a publicação impressa de histórias em quadrinhos, facilitou bastante o trabalho, e, claro, tem a internet em primeiro lugar, com a publicação online.

Aliás, é sempre interessante testar a história (ou pelo menos uma parte) em um blog ou no próprio Facebook para saber como o público vai reagir.

E, claro, ter coragem para isso, pedindo a opinião dos leitores.

Expôr-se ao público sem medo de críticas, mas também não levar tanto a sério, colher o que há de bom ali, ouvir e responder sempre com educação seus leitores, lembrando que nessa fase, o contato, a conversa sobre a crítica do seu trabalho, já é o engajamento do seu possível leitor, aquele que vai te acompanhar, conhecer teu trabalho, um potencial fã da sua arte.

Vamos destacar agora os elementos que toda história precisa ter: personagem, espaço e tempo.

De todos esses pontos, o personagem é o mais importante. Tudo deriva dele.

 

À venda em nosso site a HQ Estella Vic: 1922 e o Manifesto Futurista

 

 

Ame seu personagem acima de tudo e esclareça em sua mente quem ele (ou ela) é, tanto em seus aspectos físicos quanto psicológicos. Sobre o personagem, discutiremos mais em um próximo post.

Fiquemos com dois pontos preciosos que muitos autores iniciantes não dão o devido valor.

O primeiro ponto: qual é o conflito do seu personagem? O conflito é o que move seu personagem, ele é algo interno e precisa estar claro para você e para o leitor.

Se você está escrevendo uma HQ, você precisa apresentar esse conflito através da ação do personagem e não por meio da narração em si.

Se você enunciar o conflito na fala do seu personagem, você dilui um elemento muito importante na narrativa. Isso precisa ser exposto por meio da ação. É um desafio. Sugerimos que ao ler uma HQ você treine isto: qual é o conflito do personagem e como os autores (roteirista e desenhista) apresentaram para o leitor? Como o conflito ficou claro para você?

 

 

À venda em nosso site a HQ no estilo mangá

 

 

Pegue a sua história favorita e releia pensando nisso.

O segundo ponto: o obstáculo. Se o conflito, em geral, é algo interno, o obstáculo é externo. Qual ou quais são os obstáculos que impedem o seu personagem? Isso precisa estar claro para você e para o leitor.

Sempre tem um obstáculo que impede o personagem de alcançar o seu objetivo.

Novamente, releia suas histórias preferidas e veja como os autores trabalharam o obstáculo na narrativa.

Você está escrevendo uma narrativa de HQ? Qual é o conflito do seu personagem? Qual é o obstáculo que ele (ou ela) está ou vai enfrentar?

Assine a nossa newsletter e nos acompanhe nas redes sociais.

Deixe um comentário