3 exercícios para estudar roteiro de história em quadrinhos

office-notes-notepad-entrepreneur-38556

Neste post, vou apresentar 3 exercícios para estudar roteiro de história em quadrinhos.

Às vezes a vontade em querer escrever uma HQ esbarra na falta de uma técnica para a escrita, no desconhecimento da formatação do texto etc.

Há uma frase, não sei se proferida por Abraham Lincoln, que diz: “Se eu tivesse 8 horas para cortar uma árvore, gastaria seis, afiando o machado.”

Com essa frase, ele destaca o planejamento que deve ser feito para uma tarefa.

Planejar leva muito mais tempo e deve ser toda a base do seu iceberg (leia-se história quadrinhos).

Planeje o seu personagem, o seu enredo, lembrando que esse deve ser o seu maior ativo: o personagem.

Gaste as seis horas com ele.

É no planejamento que você pode pensar melhor a estrutura do seu roteiro, por isso não se acanhe, explore e não tenha medo de modificar se você achar que não ficou bom.

Tenha coragem para modificar tudo, se for preciso, pois escrever, já dizia Robert McKee, é resolver problemas.

Pense na sua história como uma sinfonia: tudo deve estar alinhado para que o leitor não abandone o seu texto, imagine a sua narrativa como um carro em que você deve acelerar a narrativa ou desacelerar, mantendo sempre o controle da sua história.

 

À venda em nosso site a HQ Estella Vic: 1922 e o Manifesto Futurista

 

 

Um primeiro exercício interessante é você escolher uma história de um autor que você admira e estudar a sua narrativa.

Dê preferência para uma história curta, de poucas páginas, se possível, e anote ou digite, todos os diálogos e ações que ocorrerem na história em quadrinhos.

Pegue cada página e anote quantos quadros cada página possui.

Depois abra um arquivo (no Word etc.) e divida uma página em duas colunas.

A coluna da esquerda vai ser a descrição da cena dos quadros em cada página.

A coluna da direita vão ser os diálogos e textos que aparecem nos balões.

Na coluna da direita você vai copiar, na coluna da esquerda você vai descrever com suas palavras

o que está acontecendo em cada quadro daquela página.

Assim, se na primeira página você tem três quadros com diálogos, por exemplo, você vai escrever com suas palavras o que está acontecendo nesses três quadros ( na coluna da esquerda) e vai copiar o diálogo, o texto, na coluna da direita, destacando também os personagens que estão falando.

Com esse exercício, você vai aprender a identificar como é uma estrutura, de modo mais claro, de uma história em quadrinhos.

No segundo exercício, escolha a sua história preferida e procure alterar o seu final.

Mas antes, faça como no primeiro exercício: transcreva a narrativa toda e veja como você poderia alterar o final.

 

 

À venda em nosso site a HQ no estilo mangá

 

 

No terceiro exercício, procure por uma história em quadrinhos que você não tenha gostado.

Releia a história e veja quais foram os pontos que não te agradaram. Rescreva esses pontos, transcrevendo todo a narrativa.

Para todos esses exercícios, procure por histórias curtas.

Com isso, você vai começar a ter um parâmetro para construir o seu roteiro.

E quando fizer o seu roteiro, não tente escrever uma obra-prima de início.

A sua obra-prima vai nascer a partir do domínio da técnica e do estudo de outras narrativas.

Seja humilde.

Procure fazer um roteiro simples, uma história simples.

O propósito é saber se você conseguiu dominar a estrutura.

Você está escrevendo um roteiro para história em quadrinhos? Tem algum outro exercício para dividir com a gente?

Gostou dessas dicas?

Se ficou interessado por mais informações, envie um e-mail para contato@primalstudio.com.br

Assine a nossa newsletter e nos acompanhe nas redes sociais.

Deixe um comentário